Chile

Casal de idosos acaba com a vida para não ser um encargo para a família

Casal de idosos acaba com a vida para não ser um encargo para a família

José Aedo, de 94 anos, e a mulher, Blanca Sáez, de 86 anos, foram encontrados sem vida pela neta, na segunda-feira, no Chile.

Na casa onde os dois viviam, em El Bosque, a sul da capital Santiago, as autoridades encontraram uma carta. Uma mensagem à família e amigos, num triste adeus que é um alerta sobre a terceira idade.

Na carta, o casal, com 62 anos de casamento, explica que decidiu colocar fim à vida porque estavam fartos de depender economicamente dos restantes familiares.

Quatro filhos e sete netos, que ainda não recuperaram da tragédia que assolou a família e chocou os vizinhos. Não há registos de violência entre os dois e os relatos de quem os conhece descrevem um casal tranquilo e harmonioso.

"Todas as pessoas estão incrédulas com o que aconteceu. Ninguém esperava isto. Estavam juntos há muitos anos. Têm filhos e netos já adultos", disse, ao jornal "Milenio", uma vizinha do casal.

Autoridades investigam caso

As autoridades daquele país estão agora centradas em apurar as circunstâncias em que decorreu a morte do casal.

Tudo indica que o homem disparou contra a mulher antes de se ter suicidado. A arma estava legalmente registada no nome da mulher, disse Eduardo Aros, da Polícia de Investigação, aos jornalistas. A carta faz "parte do material de investigação e será levada pela equipa de peritagem".

No Facebook, Catherine Aedo, neta do casal, publicou uma emotiva mensagem dando conta do drama que a família vive por estes dias. "Estou a odiar a vida que vos tirou de mim. Vocês eram o meu exemplo de vida. Os meus segundos pais", explicou no seu perfil.