França

Confrontos em Lyon: "coletes amarelos" contra "coletes amarelos"

Confrontos em Lyon: "coletes amarelos" contra "coletes amarelos"

Foi o 13.º sábado de protesto dos "coletes amarelos" em França. Embora com menor participação, são milhares os que continuam a sair à rua. Em Lyon houve confrontos entre manifestantes.

Durante a manifestação deste sábado em Lyon, membros de fações da extrema-direita e elementos antifascistas envolveram-se em confrontos. As imagens foram partilhadas nas redes sociais.

Os confrontos ocorreram cerca de 30 minutos após o início da marcha de protesto, que reuniu cerca de duas mil pessoas em Lyon. Muitos acabaram por abandonar a manifestação devido aos confrontos, que se prolongaram por alguns minutos.

Quatro dezenas de elementos identificados como sendo de extrema-direita entraram por uma rua por um lado e o outro grupo seguia em sentido contrário. "A partir daqui foi tudo muito rápido". Durou cerca de dez minutos, nunca vi nada assim", contou o gerente de uma loja à France 3. A polícia teve de intervir com gás lacrimogéneo. Os manifestantes acabaram por dispersar em pequenos grupos.

Ao final do dia, as autoridades francesas contabilizaram três feridos ligeiros e 22 interpelações por lançamento de projeteis contra as forças de segurança e posse de armas ou artifícios proibidos.

Segundo o Ministério do Interior, 51400 pessoas participaram este sábado nos protestos dos "coletes amarelos" em França, contra os 58600 do sábado anterior e menos 30 mil que há um mês. Em Paris estiveram 4 mil manifestantes (contra os 10500 da semana passada).