Resgate em Chiang Rai

Elon Musk já levou cápsula submarina à Tailândia

Elon Musk já levou cápsula submarina à Tailândia

O magnata norte-americano Elon Musk entregou, na segunda-feira, às equipas de resgate, que tentam retirar os últimos rapazes do interior da gruta na Tailândia, o minisubmarino que criou.

O anúncio foi feito na noite de segunda-feira, através do Twitter do dono da Tesla e da Spacex. "Acabei de regressar da caverna 3. O minisubmarino está pronto, para o caso de ser necessário. É feito de partes de foguete e chama-se Javali, devido ao nome da equipa de futebol. Deixo-o aqui caso seja útil no futuro. A Tailândia é tão bonita", escreveu Musk.

No mesmo dia, o empreendedor publicou um vídeo no Instagram em que se poder ver a equipa de mergulhadores a entrar na gruta onde ainda estão quatro rapazes e o treinador.

No domingo, o empreendedor explicou que tinha uma equipa de engenheiros a trabalhar numas cápsulas submarinas que poderiam ser usadas no resgate dos oito rapazes que continuam presos numa gruta na Tailândia.

Apesar da potencialidade que este projeto tem, há um problema que pode condicionar a sua utilização. É que estas cápsulas apenas podem transportar uma pessoa de cada vez. E o treinador, devido ao seu tamanho, não pode ser transportado por este engenho.

De acordo com Michael Safi, correspondente do "The Guardian" na Ásia, o chefe de operações no terreno reconheceu que a "tecnologia é boa", mas "não é prática para esta missão".

O terceiro dia de resgate já arrancou. A equipa de salvamento já retirou da gruta oito rapazes, faltando ainda retirar quatro jovens e o treinador.

ver mais vídeos