Tensão

Força Aérea do Irão diz estar preparada para eliminar Israel

Força Aérea do Irão diz estar preparada para eliminar Israel

O comandante da Força Aérea do Irão, o general Aziz Nasirzadeh, assegurou que os seus efetivos estão preparados para eliminar Israel, horas depois do Estado hebreu ter bombardeado alvos iranianos na Síria.

"Os jovens da Força aérea estão impacientes e preparados para lutar contra o regime sionista (Israel) e eliminá-lo da Terra", disse Aziz Nasirzadeh, citado no site de notícias iraniano Clube de Jovens Jornalistas.

O general sublinhou que as novas gerações estão a receber "a educação necessária para o dia prometido e a eliminação de Israel", adiantando que estão a ser treinadas ao nível da assistência de voo e de pilotagem, mas também da guerra eletrónica e cibernética.

A Força Aérea iraniana também trabalha no desenvolvimento do "alcance das suas munições" e atualmente na capacidade de "destruir alvos" a mais de mil quilómetros de distância, assinalou.

"Asseguramos ao povo do Irão que estamos preparados para responder a qualquer ameaça e que o inimigo não se atreverá a invadir o nosso país porque conhece a nossa preparação e alta capacidade", declarou o comandante da Força Aérea do Irão.

Num raro anúncio, as forças armadas israelitas disseram terem atingido, esta segunda-feira de madrugada, vários alvos militares iranianos na Síria, incluindo armazéns de munições, instalações de informações e um campo de treino militar.

Os ataques aéreos foram a resposta ao disparo de um "rocket" no domingo a partir de território sírio e intercetado na zona dos montes Golã controlada por Israel.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos indicou que pelo menos 11 pessoas morreram nos bombardeamentos israelitas em Damasco e noutros locais do sudoeste da Síria.

Nos últimos anos, aviões de combate israelitas têm atingido alvos do Irão e do movimento xiita libanês Hezbollah na Síria, onde estes apoiam o regime de Bashar al-Assad.