Salvamento na Tailândia

O perfil dos mergulhadores que retiraram os rapazes da gruta na Tailândia

O perfil dos mergulhadores que retiraram os rapazes da gruta na Tailândia

Os 12 rapazes e o treinador de futebol foram encontrados pela primeira vez por mergulhadores britânicos, mas o esforço para tirá-los da caverna foi uma operação verdadeiramente global.

Vários mergulhadores da marinha tailandesa participaram do resgate. Saman Gunan, ex-mergulhador da marinha morreu na caverna na sexta-feira, tendo sido a única vítima mortal. Não foi divulgada muita informação relativa às pessoas envolvidas nas operações. Acredita-se que dezenas de mergulhadores, tailandeses e estrangeiros, fizeram parte dos esforços.

John Volanthen e Richard Stanton

A voz do britânico John Volanthen foi o primeiro som que o grupo ouviu depois de nove dias presos no subsolo. John, acompanhado do parceiro Richard, foram chamados pelas autoridades tailandesas, juntamente com Robert Harper, especialista em espeleologia, a ciência que estuda as grutas. O trio chegou à Tailândia três dias depois de a equipa de futebol ter desaparecido.

John, consultor de tecnologias da informação, e Richard, ex-bombeiro, fazem parte da Equipa de Resgate de Cavernas do País de Gales. Ambos participaram em várias operações de salvamento em cavernas, incluindo na Noruega, França e México.

Richard Harris

Richard Harris, de Adelaide, na Austrália, tem décadas de experiência em mergulho. Foi o mergulhador, que também é médico, que examinou a saúde dos jovens na caverna. As operações de resgate começaram quando o australiano deu luz verde.

O mergulhador já participou em explorações de mergulho em cavernas na Austrália, na China, nas Ilhas de Natal e na Nova Zelândia. Apesar de ser médico anestesista, Richard é também especializado em medicina de expedição e operações de recuperação. Em 2011, recuperou o corpo de uma amiga, Agnes Milowka, que ficou sem oxigénio durante uma expedição difícil no sul da Austrália. A sua ajuda no resgate tailandês terá sido solicitada pelos mergulhadores britânicos.

Thai Navy Seals

Numerosas forças especiais tailandesas fizeram parte dos esforços de resgate. Os mais notáveis são Pak Loharnshoon, médico, e três mergulhadores, que não foram identificados e que se ofereceram para ficar com os jovens depois de terem sido encontrados na caverna.

Pak é visto a aplicar remédios nas feridas de um dos rapazes num vídeo partilhado pela página da Marinha tailandesa no Facebook. Quatro efetivos da Thai Navy Seals foram os últimos a deixar a caverna na noite de terça-feira. A unidade foi liderada por Arpakorn Yuukongkaew.

Saman Guman

Saman Gunan, de 38 anos, era um ex-mergulhador da marinha tailandesa que se voluntariou nos esforços de resgate. Perdeu a consciência quando saía do complexo de cavernas de Tham Luang, onde entregara tanques de oxigénio no dia 6 de julho.

O parceiro de mergulho tentou reanimá-lo, mas não conseguiu, e o corpo foi trazido para fora da caverna. "Tem sido elogiado como um herói por causa de quem era. Adorava ajudar os outros e fazer serviços de caridade", disse a esposa à BBC.

O líder da operação Arphakorn disse que não deixaria a "vida de Saman Gunan ser em vão". "Não vamos deixar o sacrifício do nosso amigo ser desperdiçado", assumiu em conferência de imprensa.

Ben Reymenants

O belga Ben Reymenants tem uma loja de mergulho em Phuket. Acredita-se que faz parte do grupo que encontrou os jovens na segunda-feira.

Claus Rasmussen

Claus Rasmussen é um cidadão dinamarquês que vive na Tailândia e trabalha em várias escolas de mergulho. É um instrutor e trabalha na empresa de Ben Reymenants, Blue Label Diving. Já mergulhou em toda a Ásia e trabalhou em vários países no Sudeste Asiático.

Mikko Paasi

O finlandês Mikko Paasi é o fundador de um centro de mergulho na pequena ilha tailandesa de Koh Tao, onde se especializou em mergulho técnico. No dia 2 de julho, o dia em que os meninos e o treinador foram encontrados, a esposa de Mikko disse no Facebook que comprou um bilhete de avião para o marido ir para Chiang Rai, para se juntar aos esforços de resgate, no dia em que celebravam o oitavo aniversário de casamento.

Ivan Karadzic

Ivan Karadzic dirige o centro de mergulho com Mikko Passi. O mergulhador contou à BBC sobre o medo que sentiu ao ver o primeiro jovem e um mergulhador ao longe, sem saber se era uma "vítima ou criança".

Erik Brown

Natural do Canadá, Erik Brown é instrutor de mergulho técnico em Vancouver. Começou a mergulhar há mais de uma década e foi co-fundador da Team Blue Immersion, uma escola de mergulho técnico no Egito. Na noite de terça-feira, escreveu no Facebook que mergulhou sete vezes em nove dias, acumulando 63 horas dentro das cavernas de Tham Luang.

ver mais vídeos