Luxemburgo

Luxemburgo: 15 empresas de construção abriram falência num só dia. Grande parte eram portuguesas

Luxemburgo: 15 empresas de construção abriram falência num só dia. Grande parte eram portuguesas

As autoridades luxemburguesas têm decretado nas últimas semanas casos diários de falências de empresas do setor da construção civil. Na passada semana, e num só dia, 15 empresas faliram, atirando uma média de 150 trabalhadores para o desemprego. Grande parte destas empresas que faliram têm patrões portugueses e são pequenas empresas "com até 25 trabalhadores".

A revelação foi feita pela responsável do departamento de construção do sindicato LCGB, Liliana Bento. "Num dia só foram 15. Na verdade não são grandes empresas, são nomeadamente empresas com até 25 trabalhadores, mas muitas com nove, dez, 12", confirmou a responsável sindical. "São sobretudo companhias com problemas de gestão e que trabalhavam em subcontratação", explicou a sindicalista.

Uma das empresas com patrão português é a IBRE S.A., mais conhecida no mercado como "Brita Construtions", com sede em Esch-sur-Alzette. Neste caso, 23 trabalhadores ficaram sem emprego e estão agora a ser acompanhados pela LCGB para reaver os salários em atraso e as indemnizações.

Leia mais em Contacto

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG