Pandemia

Madrid acusa Turquia de reter avião com ventiladores para Espanha

Madrid acusa Turquia de reter avião com ventiladores para Espanha

A ministra das Relações Exteriores de Espanha, Arancha González Laya, disse esta sexta-feira que as autoridades da Turquia retêm em Ancara um avião oriundo da China com ventiladores, para combater a pandemia de Covid-19.

A ministra acrescentou, em conferência de imprensa, que o avião foi mandado parar em Ancara pelo Governo turco quando fazia uma escala, carregado de material adquirido por comunidades autónomas, como Navarra, "por preocupação [do Governo Turco] em abastecer o seu próprio sistema de saúde".

Arancha González Laia disse que, juntamente com o ministro da Saúde, Salvador Illa, falaram esta semana, em três ocasiões, com os homólogos turcos, tendo na quarta-feira um avião militar turco descarregado em Madrid outro tipo de material médico-sanitário.

O avião descarregou 250 mil máscaras faciais, 20 máscaras anatómicas, 750 viseiras, dois mil equipamentos de proteção e mil litros de fluido antibacteriano.

A Turquia enviou o material em resposta ao pedido de ajuda da Espanha à OTAN, que até agora apenas foi correspondido por este país e a República Checa.

A ministra garantiu que o Governo turco indicou que "por enquanto" os ventiladores vão permanecer no país, uma vez que a prioridade agora são os seus pacientes, mas que, "dentro de um período razoável de tempo, dentro de algumas semanas, eles colocarão esse material à disposição de Espanha".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG