Covid-19

Mais 969 mortes em Itália nas últimas 24 horas: é a maior subida de sempre

Mais 969 mortes em Itália nas últimas 24 horas: é a maior subida de sempre

A Proteção Civil italiana dá conta de mais 4.401 infetados e 969 mortes desde quinta-feira.

É o dia mais negro em Itália desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, morreram quase mil pessoas e há mais 4.401 infetados por Covid-19.

De acordo com a Proteção Civil, citada pelos jornais locais, o número total de óbitos no país é agora de 9.134, um aumento de 969 em relação a quinta-feira.

O número de novos casos de contágio continua, ainda assim, a desacelerar (foram 4.401 nas últimas 24 horas), com um aumento na ordem dos 7,4%, a taxa mais baixa desde o início da pandemia em Itália. No total, o país regista 86.498 infetados. Quase 11 mil pessoas recuperaram.

"Este vírus é um inimigo invisível, forte e desconhecido. Podemos vencer esta guerra contando com o sacrifício de todos os cidadãos. Imploramos novamente que respeitem as regras", afirmou Domenico Arcuri, da Proteção Civil, citado pelo jornal La Reppublica, acrescentando que só esta sexta-feira foram distribuídos "4,1 milhões de máscaras".

"Nos últimos três dias, distribuímos 9,6 milhões", acrescentou.

Outras Notícias