Ucrânia

Menino de 11 anos que viajou sozinho até à fronteira reencontra a mãe

Menino de 11 anos que viajou sozinho até à fronteira reencontra a mãe

O menino de 11 anos que viajou 1200 quilómetros da Ucrânia até à fronteira com a Eslováquia reencontrou a mãe e a família. Hassan Pisecka atravessou o país devastado pela guerra com apenas uma saca plástica, passaporte e o número de telefone do seu irmão escrito na mão, apanhando vários transportes para chegar à fronteira.

A mãe, Julia Pisecka, permaneceu na sua cidade natal de Zaporizhzhia, uma área que as forças russas atacaram desde o início da guerra. Depois de fazer a jornada para atravessar a fronteira para a Eslováquia, Hassan tinha à sua espera familiares em Bratislava.

PUB

Julia decidiu enviar o seu filho sozinho até a fronteira por temer que a avó das crianças não resistisse a uma viagem tão longa e complicada em direção à Eslováquia. "Agradeço muito por terem salvado a vida do meu filho", declarou Pisetskaya nas redes sociais na última semana.

De acordo com a polícia da Eslováquia, a mãe e a avó de Hassan conseguiram chegar ao país num dos comboios de refugiados que chegam dia após dia às fronteiras ucranianas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG