Reino Unido

Banco distribuiu 130 milhões de libras por engano no dia de Natal

Banco distribuiu 130 milhões de libras por engano no dia de Natal

A filial britânica do banco Santander distribuiu, por engano, no dia de Natal, 130 milhões de libras (mais de 150 milhões de euros), que pretende recuperar.

No dia 25 de dezembro, devido a um "problema técnico", 75 mil pagamentos feitos por cerca de dois mil clientes profissionais do banco foram duplicados nas contas dos seus beneficiários, assumiu o Santander num comunicado enviado à Agência France Presse (AFP), confirmando a informação avançada pelo jornal britânico "The Times".

As transações efetuadas a dobrar foram diretamente debitadas do banco e "nenhum cliente, em algum momento, pagou do seu bolso", garantiu o Santander, referindo estar a trabalhar "com vários bancos em todo o Reino Unido para recuperar" as quantias em causa.

Os beneficiários das transferências foram sobretudo trabalhadores ou fornecedores de algumas empresas clientes do Santander, que assim receberam o salário ou pagamentos a dobrar.

As transferências foram feitas para contas de vários outros bancos britânicos, algo que, segundo o "The Times", complica a recuperação do dinheiro.

O Santander disse ter "rapidamente identificado e corrigido" o problema de planificação que esteve na origem dos pagamentos errados, acrescentando que abriu com os bancos beneficiários um "procedimento de recuperação de erro bancário".

A filial britânica do banco espanhol Santander tem 14 milhões de clientes.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG