Áustria

Camaleões encontrados em mala de viagem

Camaleões encontrados em mala de viagem

74 camaleões foram encontrados dentro de uma mala de viagem, no aeroporto de Viena, na Áustria, escondidos em meias e caixas de plástico. Estão agora no jardim zoológico Schönbrunn.

Um segurança que inspecionava a bagagem descobriu os 74 camaleões escondidos em meias e caixas de plástico. Apesar de o animal se conseguir camuflar, o sistema de raio-x detetou a sua presença. "Camaleões podem camuflar-se bem... mas acabaram por não ser mais espertos do que a máquina de raios-X", realça o ministério das Finanças, num comunicado.

A mala pertencia a um homem de 56 anos, identidade não revelada, que tinha viajado para a Tanzânia. Foi agora preso e pode vir a enfrentar uma multa de seis mil euros. De acordo com as autoridades, os camaleões seriam vendidos no mercado negro por 37 mil euros. Assim que foram descobertos foram transportados para o jardim zoológico Schönbrunn, em Viena, e examinados por especialistas que indicaram que as idades variam entre uma semana e a idade adulta, e três deles não sobreviveram à viagem. São oriundos das montanhas de Usambara, uma "região muito chuvosa e fresca na Tanzânia".

"O trabalho vital empreendido pelos serviços aduaneiros também ajuda regularmente a pôr fim ao sofrimento dos animais e aos traficantes de animais selvagens sem escrúpulos", afirma Gernot Blümel, ministro das finanças.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG