O Jogo ao Vivo

Índia

Dor no maxilar era causada por cavidade com 526 dentes

Dor no maxilar era causada por cavidade com 526 dentes

Um menino de sete anos deu entrada num hospital do sul da Índia com dores no maxilar. Os médicos acabaram por descobrir que o rapaz tinha 526 dentes a crescer na boca.

Quando chegou ao Hospital de Medicina Dentária de Saveetha, na cidade de Chennai, a criança queixava-se de dores e inchaço perto dos molares, do lado direto da boca. Os médicos fizeram uma radiografia e o que encontraram foi, sem mais nem menos, uma "cavidade embutida no maxilar inferior cheio de dentes anormais", confirmou à CNN a chefe da especialidade de Patologia Oral e Maxilofacial do hospital, Prathiba Ramani.

Depois de descobrirem o "saco", como lhe chamam, dois cirurgiões retiraram-no da boca do paciente e, quatro a cinco horas depois, confirmaram o que estava no interior. "Um total de 526 dentes com tamanhos variáveis entre 0,1 milímetros e 15 milímetros. Mesmo o mais pequeno tinha uma coroa, raiz e esmalte", disse a responsável.

"Sob anestesia geral, perfurámos o maxilar a partir do topo. Não quebrámos o osso lateral, o que significa que não foi necessária cirurgia de reconstrução. O saco foi removido. Pode-se pensar nisso como uma espécie de balão com pequenos pedaços dentro", detalhou P. Senthilnathan, chefe do Departamento de Cirurgia Oral e Maxilofacial do hospital.

O jovem, que agora tem 21 dentes saudáveis, teve alta três dias depois da cirurgia e deve recuperar totalmente. Segundo Ramani, o rapaz sofria de uma condição muito rara chamada odontoma composto, que poderá ter sido causada por fatores ambientais, como radiação, ou dever-se à genética. A doença, agora detetada, já existiria há algum tempo. Segundo disseram aos médicos os pais da criança, o menino já tinha o maxilar inchado quando tinha três anos.

De acordo com os especialistas, a consciencialização sobre a saúde oral está a melhorar, mas o acesso a tratamentos dentários nas zonas rurais do país permanece problemático.