Itália

Homem tira selfie com mulher atropelada por comboio como fundo

Homem tira selfie com mulher atropelada por comboio como fundo

Um homem tirou uma fotografia a si próprio, aproveitando como cenário de fundo uma mulher que tinha acabado de ser atropelada por um comboio, numa estação ferroviária em Placência, Itália.

No momento em que a mulher estava a ser assistida pela equipa de emergência, um homem tirou uma selfie, com a vítima como pano de fundo, e a fazer o gesto de vitória com os dedos, segundo noticia o jornal espanhol "El Mundo".

O jornalista Giorgio Lambri, que testemunhou a ocorrência, partilhou, com indignação, a cena numa publicação do Facebook. "Perdemos completamente o sentido de ética", escreveu.

A mulher sobreviveu, tendo necessitado, contudo, de amputar uma perna. A polícia interrogou o homem, obrigando-o a apagar a fotografia.

A imagem provocou revolta nas redes sociais, onde utilizadores desabafaram que "a imbecilidade não tem limites" e que o indivíduo merecia "estar fechado num armário".

Esta não é a primeira vez que uma selfie levanta polémica por se aproveitar de catástrofes. As vítimas do incêndio da torre Grenfell, em Londres, Inglaterra, também tiveram que pedir às pessoas para não tirarem fotografias.

ver mais vídeos