Inglaterra

Papagaios num zoo foram separados porque diziam muitos palavrões

Papagaios num zoo foram separados porque diziam muitos palavrões

Cinco aves foram separadas umas das outras após os responsáveis do zoo de Lincolnshire, um condado no leste de Inglaterra, perceberem que os animais diziam muitos palavrões quando estavam juntos. As palavras chegaram a ser dirigidas a visitantes do jardim zoológico, o que justificou o isolamento dos papagaios.

Billy, Elsie, Eric, Jade e Tyson são os novos traquinas do jardim zoológico de Lincolnshire. Os cinco papagaios chegaram em agosto deste ano à reserva de vida selvagem numa colónia de 200 aves e poderão ter passado demasiado tempo juntos quando assentaram na nova "casa". Na verdade, foi o suficiente para se influenciarem negativamente.

Os animais terão aprendido uns com os outros a dizer palavrões, que depois replicaram a pelo menos um visitante do zoo - estavam apenas há 20 minutos em grupo pela primeira vez em frente ao público.

"De vez em quando há sempre algum [papagaio] que diz palavrões e é sempre divertido. Achamos sempre muito cómico até quando dizem palavrões às pessoas", disse Steve Nichols, diretor executivo do zoo à imprensa britânica.

Contudo, não era apenas um animal a praguejar, mas assim os cinco ao mesmo tempo, quase num desafio constante. Após os palavrões, o CEO do espaço garante que os animais riam-se uns dos outros. Os sorrisos dos visitantes eram também suficientes para que proferissem cada vez mais palavras obscenas.

Nichols assegura, ainda assim, que nenhum visitante fez queixa dos animais, mas a presença de crianças no espaço fez que com o zoo repensasse a convivência das cinco aves. Desta forma, os papagaios foram distribuídos por várias zonas do jardim zoológico para se "acalmarem" e se reeducarem com outras aves mais bem-comportadas.

Habituados a vocalizar os sons que ouvem, foi também em Lincolnshire que ficou conhecido o papagaio Chico por cantar a música "If I Were a Boy" de Beyoncé.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG