Aviação

Ómicron e mau tempo afetaram voos em todo o mundo pelo quarto dia consecutivo

Ómicron e mau tempo afetaram voos em todo o mundo pelo quarto dia consecutivo

O cancelamento de voos por companhias aéreas de todo o mundo devido à nova variante ómicron, durante um dos períodos do ano mais movimentados, continuaram a sentir-se esta segunda-feira, afetados também pelo mau tempo.

Os atrasos ou cancelamentos de voos devido à falta de pessoal tem sido uma constante em 2021, após as companhias aéreas terem sentido dificuldade em recuperar o ritmo que o mercado exigiu e a variante ómicron apenas aumentou a dificuldade desta missão.

Em 2020, as companhias áreas incentivaram os trabalhadores a pedirem a demissão, quando estas quase entravam em colapso, mas agora acabaram surpreendidas pela procura, mas também pelo aumento de casos de covid-19 dentro do setor, noticia a agência AP.

Mais de 2100 voos foram cancelados esta segunda-feira por companhias aéreas de todo o mundo devido à variante ómicron, da covid-19, que perturbou viagens após pilotos terem ficado doentes ou em isolamento.

Segundo o mais recente balanço do portal Flightaware, citado pela agência France-Presse (AFP) e datado das 11.30 horas de Lisboa, as perturbações ocorreram principalmente na China, Indonésia e EUA. No fim de semana do Natal foram cancelados oito mil voos, sendo esperados já 800 na terça-feira.

"Durante a pandemia, assistimos a pessoal experiente de companhias aéreas a deixar o setor e a não voltarem", alertou um analista da empresa de pesquisa do setor das viagens OAG. Para John Grant, "preencher estas lacunas já eram um desafio sentido durante a recuperação e antes da nova variante fazer-se sentir".

Companhias como a Delta, United, JetBlue ou American culparam a pandemia de covid-19 pela falta de funcionários nos últimos dias.

PUB

Mas companhias aéreas europeias ou australianas também cancelaram voos nesta época de Natal devido a casos entre funcionários, embora o mau tempo e outros fatores também tenham contribuído para o caos.

O mau tempo a noroeste do Pacífico levou ao cancelamento de voos com destino ou origem em Seattle no domingo, segundo a Alaska Airlines, que esperava cem voos afetados na segunda-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG