China

Não há emergência internacional. Mortes pelo coronavírus sobem para 25

Não há emergência internacional. Mortes pelo coronavírus sobem para 25

A Organização Mundial de Saúde (OMS) não declarou o estado de emergência internacional devido ao aparecimento do coronavírus, com origem na província de Hubei, na cidade de Wuhan, na China. O número de mortes já subiu para 25.

Ao fim de dois dias de reuniões de emergência, a OMS decidiu ainda não declarar o estado de emergência internacional do coronavírus, "receando que seja demasiado cedo". Mas reserva a possibilidade de reunir o comité no futuro para discutir novamente uma eventual emergência internacional, o que implicaria a implementação de medidas preventivas a nível global.

830 casos confirmados do vírus misterioso que surgiu na cidade de Wuhan, na província de Hubei, e que já provocou pelo menos 25 mortos, segundo os dados mais recentes das autoridades de saúde chinesas.

Além das confirmações, há também 1072 casos suspeitos. Além da China, foram já detetados casos em Macau, Tailândia, Taiwan, Hong Kong, Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos.

As autoridades chinesas consideram que o país está no ponto "mais crítico" no que toca à prevenção e controlo do vírus e colocaram em quarentena, impedindo entradas e saídas, três cidades onde vivem mais de 18 milhões de pessoas - Wuhan, a as vizinhas Huanggang e Ezhou.

Num esforço sem precedentes para tentar travar a propagação, cancelaram também as comemorações do Ano Novo chinês em várias localidades, incluindo a capital, Pequim.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde anunciou a ativação dos dispositivos de saúde pública de prevenção, enquanto o Centro Europeu de Controlo de Doenças elevou para "moderado" o risco de contágio na União Europeia, continuando a monitorizar a situação e a realizar avaliações rápidas de risco.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG