Onda de frio

Ovo aberto, ovo congelado. Termómetros descem aos -53ºC em cidade chinesa

Ovo aberto, ovo congelado. Termómetros descem aos -53ºC em cidade chinesa

Mohe, na província de Heilongjiang, bateu o recorde de temperatura negativa. Estação televisiva revelou a intensidade do frio mostrando a rapidez com que um ovo partido congelou.

A cidade de Mohe já era vulgarmente conhecida como Polo Norte chinês, mas, no passado domingo, o frio bateu recordes, levando os termómetros a marcar os 53 graus negativos. De acordo com a Sky News, foi assim batida a anterior mínima de -52ºC, registada em 1969.

Numa reportagem da estação televisiva chinesa CCTV, na qual é possível ver imagens da cidade completamente pintada de branco, o frio intenso é percetível através do momento em que um ovo aberto numa pá congela em poucos segundos. Já antes do fim de semana, as temperaturas estavam nos -50º, não estando prevista uma subida nos próximos dias.

PUB

A Agência Meteorológica da China decidiu, por isso, renovar, na terça-feira, o alerta motivado pelo frio. Tal como explicou Joanna Robinson, meteorologista da Sky News, "uma intensa onda de frio afetou grande parte do leste da Ásia", situação que "não é incomum nesta época do ano, quando os ventos podem trazer o ar da Sibéria".

De recordar que estas temperaturas surgem depois de, em 2022, a China ter ultrapassado a onda de calor mais severa de que há registo, danificando plantações, causando incêndios e atingindo fontes de energia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG