Migrações

Polícia búlgara encontra 61 homens trancados num camião abandonado

Polícia búlgara encontra 61 homens trancados num camião abandonado

A polícia búlgara encontrou, esta terça-feira, 61 migrantes sem documentos, três dos quais com sintomas de asfixia, trancados num camião abandonado, que entrou na Bulgária oriundo da Turquia.

Os migrantes declararam ser cidadãos afegãos, segundo a polícia, citada pela agência espanhola de notícias Efe. O veículo foi encontrado na cidade de Burgas, a cerca de 70 quilómetros da fronteira com a Turquia.

De acordo com a estação de televisão búlgara Nova TV, uma das rodas do camião partiu-se na manhã de segunda-feira e o motorista fugiu, deixando os afegãos trancados no veículo.

Quando os agentes da polícia abriram as portas verificaram que um dos ocupantes estava em estado crítico por falta de oxigénio no habitáculo, tendo transportado o migrante para um hospital. Duas outras pessoas estavam desmaiadas.

A polícia indicou que os migrantes eram todos homens, entre os 20 e os 40 anos.

As autoridades acreditam que o camião terá entrado em território búlgaro no fim de semana passado e que se dirigiria para a Sérvia ou a Roménia, seguindo as rotas habituais do tráfico de seres humanos na Europa Ocidental.

Fontes policiais citadas pela Efe adiantaram que entre 60 e 200 pessoas que tentam entrar ilegalmente na Bulgária a partir da Turquia são intercetadas todos os dias desde há várias semanas.

PUB

Apesar de a Bulgária ter erguido um muro ao longo de 235 quilómetros da sua fronteira sul para tentar conter a entrada de migrantes e refugiados, o Ministério do Interior do país indica que, em 2021, foram detidos 10.799 estrangeiros por entrarem ilegalmente no país, três vezes mais do que no ano anterior.

Do total de detidos, 40% são afegãos, 32% sírios e 7% iraquianos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG