Polícia

Popular gesto de socorro salva mulher vítima de violência em Espanha

Popular gesto de socorro salva mulher vítima de violência em Espanha

A polícia espanhola foi alertada, na terça-feira, para uma suposta situação de violência de género depois de uma mulher ter feito um gesto de socorro com a mão.

Ao parar um carro num controlo de álcool e drogas em Cáceres, agentes da Guardia Civil viram a mulher, que viajava com o marido e com um bebé, a fazer um gesto de socorro com uma das mãos. A prática, que passa por fechar a mão com o polegar debaixo dos restantes dedos, foi popularizada nas redes sociais.

A polícia tirou a mulher da viatura e interrogou-a em privado, tendo a espanhola confirmado que estava a ser ameaçada pelo marido, de acordo com um comunicado da Guardia Civil. Aliás, dias antes, o marido terá agarrado a mulher pelo pescoço durante uma desavença.

Os agentes avisaram imediatamente a Central 062, responsável por casos de suposto crime de maus-tratos por violência de género, e o condutor do veículo foi detido.

Um gesto simples para salvar vidas

O gesto, que tem sido popularizado nas redes sociais, pode ser usado quando alguém está em perigo, de acordo com a Canadian Women's Foundation. A vítima levanta a mão com a palma voltada para fora, coloca o polegar por baixo dos outros dedos e fecha a mão.

PUB

A campanha, chamada de "Sinal de Ajuda", espalhou-se pelas redes sociais em 2020, durante os primeiros confinamentos decorrentes da pandemia de covid-19, numa tentativa de enfrentar o aumento da violência doméstica. O objetivo era dar às vítimas uma forma de pedirem ajuda através de uma pista não-verbal.

O gesto é também internacional, tendo já sido partilhado em mais de 40 países, segundo o portal "AdAge".

Ainda este mês, o sinal salvou uma adolescente de 16 anos que foi dada como desaparecida na Carolina do Norte, nos EUA. A rapariga usou o sinal quando estava no carro do seu sequestrador e uma pessoa viu, tendo chamado a polícia. O homem de 61 anos foi detido e acusado de rapto e a jovem voltou sã e salva a casa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG