O Jogo ao Vivo

Inquérito

Quase seis em cada dez mulheres em Espanha foram vítimas de violência

Quase seis em cada dez mulheres em Espanha foram vítimas de violência

Quase seis em cada dez mulheres em Espanha, o equivalente a 11,7 milhões de mulheres, foram vítimas de algum tipo de violência machista ao longo das suas vidas, de acordo com um inquérito publicado esta quinta-feira em Madrid.

O estudo, da responsabilidade da Delegação do Governo contra a Violência de Género, com base em 9568 entrevistas, revela que 4,38 milhões de mulheres com mais de 16 anos sofreram violência física (21,5%) e 2,8 milhões violência sexual (13,7%) em algum momento das suas vidas.

A sondagem também revela que 6,5 % das mulheres sofreram violência sexual fora do entorno familiar, 2,2 % foram violadas, 13,4 % sujeitas a violência física e 40,4 % foram vítimas de assédio sexual.

No que diz respeito à vida em casal, quase três milhões de mulheres (14,2%) sofreram violência física ou sexual no contexto de uma relação atual ou passada, e 31,9% foram vítimas de violência psicológica.

No total, 57,3% das mulheres foram vítimas de algum tipo de violência machista em Espanha, um país que tem cerca de 47 milhões de habitantes, considerando que a violência analisada varia desde a violência de género em família, à violação, assédio sexual e assédio repetido, até à violência psicológica.

A ministra da Igualdade espanhola, Irene Montero, sublinhou hoje em conferência de imprensa que este número é "arrasador", porque significa que mais de metade da população feminina sofreu violência no país.

"É o número da desigualdade que nos atravessa e nos divide como sociedade", disse a responsável governamental que pertence ao Unidas Podemos (extrema-esquerda), o parceiro minoritário num executivo liderado pelo Partido Socialista Operário Espanhol.

Outras Notícias