O Jogo ao Vivo

Viagens

Reino Unido proíbe entrada de passageiros vindos de Portugal

Reino Unido proíbe entrada de passageiros vindos de Portugal

O Governo britânico decidiu, esta quinta-feira, proibir as viagens com origem em Portugal por causa da nova variante brasileira do coronavírus.

"As viagens de Portugal para o Reino Unido também serão suspensas devido às suas fortes ligações com o Brasil", anunciou o ministro britânico dos Transportes, Grant Shapps, no Twitter, enquadrando a medida num esforço de redução do risco de importação de infeções.

Deste bloqueio, que entra em vigor na sexta-feira, estão isentos os camionistas que viajem a partir de Portugal para permitir a circulação de bens essenciais e também aos cidadãos britânicos e irlandeses e nacionais de países terceiros com direito de residência, que poderão entrar no país, embora tenham de cumprir quarentena de 10 dias.

A decisão foi tomada hoje de manhã com base em informação de especialistas que aconselham o Governo sobre a pandemia. Fontes governamentais disseram ao jornal "The Guardian" que os governos regionais autónomos apoiaram a decisão de Shapps, e que o País de Gales e a Escócia deverão anunciar medidas semelhantes em breve.

A partir das 4 horas de sexta-feira, os passageiros que estiveram ou transitaram pela Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Cabo Verde, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Panamá, Portugal (incluindo Madeira e Açores), Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela nos últimos 10 dias não serão autorizados a entrar no Reino Unido.

Bloqueio inclui Madeira e Açores

Os corredores de viagem internacional do Reino Unido com os arquipélagos da Madeira e dos Açores também vão fechar na sexta-feira e as ligações aéreas suspensas, devido à estirpe brasileira do coronavírus, clarificou o Governo britânico.

PUB

Até agora, os passageiros com origem na Madeira e Açores estavam isentos de cumprir a quarentena de 10 dias exigida à maioria dos viajantes que chegam do estrangeiro, mas a partir das 4 horas de sexta-feira deixam de estar na lista de destinos seguros.

"Os corredores de viagens com o Chile, Madeira e Açores serão encerrados. Qualquer pessoa que chegue desses países a partir das 4 horas de sexta-feira será legalmente obrigada a ficar em isolamento durante dez dias", adiantou o Ministério dos Transportes britânico num comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG