É a primeira vez que uma marcha de mulheres indígenas sai à rua no Brasil. Cerca de duas mil pessoas, de 100 povos indígenas, protestaram contra as ações do presidente Jair Bolsonaro.

Brasil

Mulheres indígenas fazem protesto inédito contra Bolsonaro

Mulheres indígenas fazem protesto inédito contra Bolsonaro

Sob o lema "Território: nosso corpo, nosso espírito", as reivindicações centraram-se em melhores condições de acesso à saúde e à educação.

Esta segunda-feira, um grupo de cem mulheres invadiu o Ministério da Saúde brasileiro e pediu a saída de Silvia Nobre Waiãpi, coordenadora da Secretaria Especial de Saúde Indígena.

As manifestantes alegaram que a governante não está a assegurar os direitos dos povos.