Exclusivo

Alunos do privado têm de gastar cheques-dentista até outubro

Alunos do privado têm de gastar cheques-dentista até outubro

Documentos referentes ao ano letivo em curso já estão a ser emitidos, mas alguns só devem chegar durante as férias escolares. Os colégios alertam os pais para a validade.

Já começaram a ser emitidos os cheques-dentista para os alunos do ensino privado, mas alguns encarregados de educação só deverão receber o vale durante as férias de verão. De acordo com a norma da Direção-Geral da Saúde (DGS), publicada este mês, os documentos correspondentes ao ano letivo em curso vão ser emitidos até agosto e, ao contrário do habitual, não terão um ano de validade. As famílias terão de gastar os vales até outubro. Feitas as contas, quem receber agora o cheque-dentista terá cerca de quatro meses para o gastar. Já quem o receber apenas no final de agosto, terá dois meses para o utilizar.

De acordo com a DGS, mesmo que sejam emitidos nas férias de verão, os encarregados de educação terão acesso ao cheque. Quer seja entregue diretamente pelo colégio, via correio ou de "outra forma entendida pela escola como sendo adequada". Ao JN, a autoridade de saúde acrescentou que, caso não seja possível emitir a totalidade dos documentos até fim de agosto, os cheques serão "excecionalmente emitidos a partir de novembro". Nessa altura, passam a ter um ano de validade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG