O Jogo ao Vivo

Premium

Após 17 anos, lince-ibérico fica sem fundos europeus

Após 17 anos, lince-ibérico fica sem fundos europeus

Pela primeira vez em 17 anos, o projeto de reintrodução do lince-ibérico na Península, que entrava agora na sua quarta edição, não receberá apoios financeiros de Bruxelas.

A informação foi confirmada ao JN por fonte oficial da Comissão Europeia. Os promotores estão já a trabalhar numa nova candidatura, que tem de ser submetida até ao próximo dia 19.

Chama-se Life+ Iberlince, foi lançado em 2002, na altura apenas na Andaluzia, quando só havia 92 linces em toda a Península Ibérica. Volvidos 17 anos, contam-se mais de 600 linces, com populações também no Vale do Guadiana. Razão pela qual, aliás, em 2015 o lince- ibérico deixou de ser considerada uma espécie em perigo crítico de extinção.