Última hora

Caso suspeito de coronavírus na Madeira deu negativo

Caso suspeito de coronavírus na Madeira deu negativo

As análises feitas ao primeiro caso suspeito de infeção pelo novo coronavírus (covid-19) na Região Autónoma da Madeira deram negativo, avança o presidente do Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), Herberto Jesus, citado pela RTP.

Trata-se de uma jovem de 18 anos, proveniente de Milão, que foi encaminhada para o Hospital Nélio Mendonça, no Funchal.

Neste momento, não existem casos confirmados de infeção em Portugal, de acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Adriano Maranhão, o tripulante português do cruzeiro "Diamond Princess" internado, desde a passada terça-feira, no Japão, com coronavírus, vai ter alta hospitalar, após ter tido resultado negativo nos dois testes agora efetuados.

A esposa do português, Emanuelle Maranhão, esclareceu aos jornalistas que o marido já tem um "certificado de alta hospitalar", pelo que deverá sair da unidade nos próximos dias. De seguida, depois de a empresa do cruzeiro "Diamond Princess" receber o certificado do trabalhador, o português deverá aguardar num hotel a autorização para regressar a Portugal.

De referir ainda que o escritor chileno Luis Sepúlveda, de 70 anos, foi internado este sábado num hospital das Astúrias após ter sido diagnosticado com coronavírus, seis dias depois de ter estado em Portugal a participar no festival "Correntes d' Escritas", na Póvoa de Varzim,

PUB

A DGS está em contacto com Espanha para perceber com quem contactou Luis Sepúlveda. A autarquia poveira pede aos funcionários que estiveram com o escritor para ficarem em casa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG