O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Casos de cancro disparam quase 20% numa década

Casos de cancro disparam quase 20% numa década

Em 2019, foram detetados 57.878 casos de cancro e 28.464 óbitos, segundo o Registo Oncológico Nacional 2019. Sexo masculino tem mais cancro do pulmão, mas incidência e mortalidade aumenta nas mulheres devido a tabaco.

Em 2019, foram diagnosticados 57 878 novos casos de cancro, um aumento de 19,3% face a 2010. Os homens continuam a ser mais afetados por tumores malignos do que as mulheres, mas, nos últimos anos, o risco de cancro aumentou globalmente e em especial no sexo feminino. Para uns e para outros, a idade mais crítica é entre os 60 e os 74 anos.

São resultados do Registo Oncológico Nacional (RON) 2019, o mais recente retrato do cancro em Portugal. O documento, a que o JN teve acesso, foca-se em 2019, faz um zoom a cada distrito, mas também olha para trás, permitindo acompanhar a evolução da incidência numa década. Faz, ainda, uma breve alusão à mortalidade: em 2019, morreram 28 464 pessoas com cancro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG