Debate quinzenal

Ferro dá raspanete a deputados por estarem de costas para António Costa

Ferro dá raspanete a deputados por estarem de costas para António Costa

O primeiro-ministro, António Costa, abriu, esta quarta-feira, o debate quinzenal no parlamento com uma intervenção sobre "a prevenção e contenção da epidemia Covid-19", na semana em que foram confirmados cinco casos de infeção em Portugal.

No decorrer do debate, o presidente da Assembleia da República interrompeu o primeiro-ministro para advertir alguns deputados - não disse os nomes - que conversavam de costas para o Governo, pedindo também para alguns jovens presentes nas galerias se sentarem ou saírem.

"Em primeiro lugar peço às senhoras e senhores deputados que quiserem falar que saiam da sala, se faz favor, ou se sentem. Porque, quando está o primeiro-ministro ou um deputado a falar, não me parece que seja normal estarem de costas para a tribuna", apontou Ferro Rodrigues, que lançou o mesmo repto às galerias.

"Não podem estar de pé. As autoridades que façam o favor de tomar conta dessa situação, que não é normal. Os jovens que estão lá em cima ou se sentam ou saem, se faz favor, para podermos continuar os trabalhos", acrescentou.

Os jovens acataram a ordem. Mas alguns deputados, entre os quais Paulo Leitão e Hugo Carvalho, do PSD, não o fizeram de imediato, o que levou Ferro a voltar a intervir.

"Eu já pedi aos senhores deputados que estavam de costas para se sentarem e o senhor deputado continua de costas. Agora vai sair? Faz muito bem", disse o presidente, após o social-democrata Paulo Leitão lhe ter feito sinal de que tinha voltado atrás para ir buscar o computador e que se ia ausentar do plenário. Já Hugo Carvalho permaneceu de pé, ainda que lado para a bancada do Governo.

Ao JN, Paulo Leitão assegurou que rumava a uma reunião e que necessitou do portátil, razão pelo qual esteve de costas no hemiciclo por breves segundos quando entrou na sala. Já Hugo Carvalho admitiu não se ter apercebido do episódio, já que estava numa reunião e que entrou no hemiciclo no preciso momento em que Ferro dava tal raspanete aos parlamentares.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG