O Jogo ao Vivo

Covid-19

Corrida aos supermercados faz esgotar produtos

Corrida aos supermercados faz esgotar produtos

Bens de primeira necessidade são os mais procurados. A Direção-Geral da Saúde pede que não se "açambarque".

O receio de ficar de quarentena e de que os supermercados encerrem está a provocar alguma correria aos estabelecimentos. Nos últimos dias já foi possível ver prateleiras de alguns super e hipermercados vazias, principalmente na secção dos enlatados, da massa e do papel higiénico.

O aumento da procura foi notada pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), que reportou um "maior afluxo repentino" associado ao surto do Covid-19.

No Auchan da Maia, várias estantes ficaram vazias, principalmente a dos bens de primeira necessidade. As massas, o arroz, os enlatados e o papel higiénico foram os produtos mais procurados pelos consumidores, talvez por serem artigos com um prazo de validade mais longo.

No Lidl, também se sentiu o aumento da procura. De acordo com a empresa alemã, tem-se "registado um aumento de afluência às lojas, assim como do volume de compras em diversas categorias", mas, asseguram já ter "definidos vários cenários possíveis, estando há várias semanas a trabalhar com os seus fornecedores para garantir o fornecimento de bens através das suas lojas".

PUB

Situação não é inédita

Contudo, a APED adianta que o setor ainda não saiu da normalidade. "Os associados da APED têm registado um aumento da procura de produtos, tendo sido sempre assegurada a sua reposição. Este aumento é semelhante ao registado em situações anteriores e compreensível pelas medidas assumidas para controlo da situação e que implicam a permanência dos consumidores nas suas casas", explicou a associação em comunicado.

Devido ao "maior afluxo repentino", a logística das superfícies comerciais teve de se adaptar que a reposição se faça rapidamente, acrescentou a APED. "Isso está a ser feito dentro da normalidade", sublinha. A associação acrescenta que continuará a monitorizar a situação.

A diretora-geral de Saúde pediu contenção. "Não devemos chegar a este ponto. Quanto mais não seja, que se recorra à horta do amigo. Não açambarquem!", apelou, anteontem, Graça Freitas durante uma audição parlamentar.

Continente online

O Continente online tem registado um "crescimento das encomendas" após confirmação do surto em Portugal, indicou fonte da Sonae MC, acrescentando que as equipas estão a ser mobilizadas para dar resposta à maior afluência. "Temos estado a mobilizar as nossas equipas no sentido de dar a melhor resposta à maior afluência neste canal", referiu a mesma fonte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG