Justiça

Costa processa ex-governador do Banco de Portugal por ofensa à honra

Costa processa ex-governador do Banco de Portugal por ofensa à honra

O primeiro-ministro admitiu, esta sexta-feira, processar o ex-governador do Banco de Portugal Carlos Costa por ofensa à sua honra, depois de o antecessor de Mário Centeno dizer que foi pressionado para não retirar Isabel dos Santos do BIC.

Esta posição foi transmitida por António Costa aos jornalistas, à entrada para a reunião da Comissão Política do PS, depois de confrontado com o teor de um livro do ex-governador do Banco de Portugal.

"A única coisa que eu posso dizer é que, como é sabido, através do 'Observador', foram proferidas pelo doutor Carlos Costa declarações que são ofensivas da minha honra, do meu bom nome e da minha consideração", declarou o líder socialista.

PUB

O líder do executivo disse que contactou Carlos Costa e o ex-governador do Banco de Portugal "não se retratou nem pediu desculpas".

"E, portanto, constituí como meu advogado o doutor Manuel Magalhães e Silva, que adotará os procedimentos adequados contra o doutor Carlos Costa, para defesa do meu bom nome, da minha honra e consideração. É a justiça também a funcionar", acrescentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG