Epidemia

Covid-19 "é menos perigoso do que vírus da gripe"

Covid-19 "é menos perigoso do que vírus da gripe"

Jorge Torgal, médico e professor catedrático em Saúde Pública na Universidade Nova, falou ao JN sobre o novo coronavírus. "Existe um pânico completamente desproporcional à realidade", defende.

O Covid-19 é perigoso?

É menos perigoso que o vírus da gripe! Existe um pânico completamente desproporcional à realidade. As vítimas mortais de que se conhece o historial clínico tinham processos clínicos complicados. As outras infetadas estão a ser medicadas para a gripe, muitas delas com paracetamol. E é claro que haverá casos em Portugal, mas isso não é problema nenhum. Vivemos em sociedade, com deslocações, com convívio entre as pessoas. É uma doença que tem tratamento.

Na China, em Itália e em Espanha, começa a haver muitos infetados. Não é preocupante?

As pessoas têm de perceber que se o Covid-19 fosse um vírus grave, ele não se difundia sem que se soubesse de onde vinha. Muito mais grave foi o H1N1, com mortalidade muita mais elevada e, mesmo assim, foi controlado. A situação mais grave da doença talvez seja no Irão. É uma zona de guerra, sem controlo, sem medicamentos e onde não há capacidade de parar nem tratar o vírus.

Mudou alguma coisa na sua vida por causa por causa do perigo de contágio?

Nada, não mudei absolutamente nada. Há um exagero sobre este assunto que não sei a quem interessa. Em Portugal, em 2014, os casos de legionela em Vila Franca de Xira mataram muita gente e deixarem sequelas em muitas mais. Isso, sim, é preocupante.