O Jogo ao Vivo

Colocações

Custo das rendas deixa 20 mil alunos sem professores

Custo das rendas deixa 20 mil alunos sem professores

Lisboa, Oeiras e Faro são três câmaras com moções aprovadas sobre o alojamento dos professores. As dificuldades das escolas em preencher os horários começa a preocupar as autarquias que pedem apoio ao Governo na disponibilização de imóveis a custos controlados.

A um mês do final do primeiro período, estavam por preencher, no final desta semana, 244 horários em contratação de escola - "são entre 750 e 800 turmas, o que pode penalizar entre 19 e 20 mil alunos", estima o dirigente da Federação Nacional de Professores (Fenprof), Vítor Godinho.

Mais de metade (128) são em escolas de Lisboa, 49 em Setúbal e 13 em Faro, sendo esses os concelhos onde faltam mais professores, aponta o dirigente. Há um mês, estavam 350 horários sem candidatos em oferta de escola. Apesar da redução, Vítor Godinho e até autarcas, como Rogério Bacalhau, de Faro, alertam que o problema vai agravar-se durante o ano letivo. E ainda mais nos próximos anos devido ao envelhecimento da classe e à pouca atratividade da carreira.

Ler mais na edição impressa ou epaper.