Exclusivo

Dezenas de crianças adotadas foram devolvidas ao Estado

Dezenas de crianças adotadas foram devolvidas ao Estado

São mais de 7% do total de adoções em quatro anos. Especialistas alertam para falhas no acompanhamento das famílias.

Em quatro anos, voltaram às casas de acolhimento pelo menos 67 crianças que já tinham sido adotadas ou que estavam em período de pré-adoção. Se compararmos com o número de crianças que foram adotadas desde 2016 (935), as crianças devolvidas representam 7,2%. Investigadores e técnicos reconhecem o problema e criticam a falta de acompanhamento depois da adoção. No próximo ano, arranca um projeto para monitorizar as necessidades de 270 famílias adotantes que serão acompanhadas durante três anos.

"Uma criança retirada à família biológica, que viveu numa instituição, foi adotada e volta ao acolhimento já foi revitimizada muitas vezes", diz Maria Barbosa Ducharne, do Grupo de Investigação e Intervenção em Acolhimento e Adoção (GIIAA) da Universidade do Porto. Só em 2019, segundo o relatório CASA, sete crianças adotadas e duas em fase de pré-adoção voltaram ao acolhimento. Foram 19 em 2018, 15 em 2017 e 24 em 2016.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG