O Jogo ao Vivo

Conselhos úteis

É urgente envolver os adultos mais velhos nas mudanças das tecnologias de informação

É urgente envolver os adultos mais velhos nas mudanças das tecnologias de informação

Estamos fascinados com as oportunidades dos avanços das tecnologias de informação, o teletrabalho, a comunicação com os nossos filhos a quilómetros de distância, com a facilidade e rapidez da disseminação de informação (e, enfim, também da desinformação).

Todavia, alguns dos nossos pais e avós não estão preparados para este tipo de comunicação e estamos a correr o risco de os deixar sós, se não os ajudarmos com estas tecnologias. Nesta pandemia de Covid-19, o isolamento e distanciamento social são as armas mais eficazes (enquanto aguardamos por uma vacina). Este isolamento é fundamental para todos, mas de ouro para os mais velhos - grupo particularmente vulnerável. Mas temos de manter o contacto com eles, mantê-los envolvidos nas nossas vidas. O uso das novas tecnologias para comunicar com os adultos mais velhos nunca foi tão importante. Não substituem uma conversa face a face, não substituem um abraço, mas ajudam a evitar a solidão e garantir que estão seguros.

Como ajudar os adultos mais velhos a usar a tecnologia de comunicação com confiança?

1. Comece por explicar porque é importante manter o contacto regular e as tecnologias como FaceTime, Skype e WhatsApp permitem um contacto mais próximo.

2. Forneça instruções claras - instruções lógicas, detalhadas, certifique-se de cobrir todos os passos, desde ligar o dispositivo até fazer o contacto. Evite utilizar jargão técnico, ou suposições sobre o que eles já sabem.... pode parecer simples para si, mas não é para eles.

3. Demonstre o seu uso - as instruções são úteis a longo prazo, mas mostrar passo a passo é sempre mais eficaz. Conduza o seu familiar ou amigo pelas etapas todas. Deixe-os fazer todas as perguntas e responda a todas. Se mostrar impaciência eles vão desistir e você não quer isso!

PUB

Usar a tecnologia para comunicar com os adultos mais velhos pode fazer uma enorme diferença nas suas vidas. Ajude o seu familiar ou amigo mais velho a manter-se socialmente envolvido e a passar momentos de qualidade com amigos ou familiares. Por si. Por todos.

*Pneumologista do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG