Nacional

Miguel Relvas fez quatro das 36 cadeiras do curso na Lusófona

Miguel Relvas fez quatro das 36 cadeiras do curso na Lusófona

Ao todo, foram 152 as licenciaturas da Universidade Lusófona que a Inspeção-Geral da Educação e Ciência mandou anular, de 425 analisadas. Outras 79 estão em condições de anulabilidade. Esta é uma das conclusões de um processo que só agora pôde ser consultado e que arrasa o funcionamento daquela instituição.

Sobre quase todos os cursos , num total de mais de 50, recaíram suspeitas. O ex-ministro Miguel Relvas é o caso mais conhecido: em 36 disciplinas do curso de Ciência Política e Relações Internacionais, frequentou quatro e teve equivalência às restantes.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

ver mais vídeos