O Jogo ao Vivo

Mau tempo

Em 12 horas, 692 ocorrências, a maioria no distrito de Lisboa

Em 12 horas, 692 ocorrências, a maioria no distrito de Lisboa

O mau tempo provocou, entre as 8 horas e as 20 horas deste sábado, um total de 692 ocorrências no país, quase metade no distrito de Lisboa.

Segundo Pedro Araújo, comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), as previsões indicam que a precipitação mais forte ocorra, nas próximas horas, mais a sul, nos distritos de Beja e Faro, mas sem a mesma intensidade da verificada durante o dia em Lisboa, Setúbal e Leiria.

Pedro Araújo adiantou que o balanço de 12 horas - entre as 8 horas e as 20 horas - indica que no distrito de Lisboa registaram-se 399 ocorrências, seguindo-se os distritos de Leiria (76) e Setúbal (67), os distritos mais afetados.

"Não temos conhecimento de nenhuma vítima associada às condições meteorológicas adversas", referiu o responsável da ANEPC, ao avançar que a grande maioria das situações verificadas foram de danos em edifícios e veículos, assim como inundações.

O comandante da Proteção Civil disse ainda que, na sequência de uma queda de uma árvore de grande porte na linha ferroviária de Cascais, a circulação foi interrompida pelas 12.45 horas entre São Pedro do Estoril e Cascais. A circulação de comboios foi restabelecida nos dois sentidos pelas 21.40 horas.

PUB

Outra das ocorrências registadas durante a tarde resultou de uma barreira que soterrou um posto de transformação da EDP na Nazaré, provocando um corte de energia, que ainda não foi reposta, adiantou.

O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso laranja 13 dos 18 distritos, incluindo toda a costa do país, e a amarelo cinco distritos do interior devido ao mau tempo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG