O Jogo ao Vivo

Reciclagem

Escolas recolhem 262 toneladas de lixo eletrónico

Escolas recolhem 262 toneladas de lixo eletrónico

A campanha da "Escola Electrão" contou este ano com a participação de 332 escolas de todo o país na recolha de pilhas, lâmpadas e equipamentos elétricos usados. Este ano, na 10ª edição da iniciativa, houve um aumento de 110%, em relação às toneladas recolhidas no ano escolar anterior.

Este ano, as escolas aderentes ao projeto recolheram 262 toneladas de equipamentos e no ano anterior 125 toneladas. No total das edições, a campanha permitiu a recolha de cerca de mais de seis mil toneladas de resíduos nas escolas aderentes, revelou esta quinta-feira a organização.

As escolas envolvidas vão receber um "incentivo financeiro", de acordo com a quantidade de equipamentos recolhidos. Segundo o comunicado da Electrão, o prémio "corresponde a 50 euros por cada tonelada de lâmpadas e outros equipamentos elétricos usados e a 75 euros por cada tonelada de pilhas e baterias usadas". O valor total de prémios a atribuir é superior a 13.260 euros.

Outro dos prémios são cheques-prenda da Rádio Popular, totalizando 12.450 euros. As recompensas são atribuídas de acordo com a quantidade de resíduos recolhidos na escola e a pontuação no jogo digital- Quiz Electrão, que aborda temas como "reciclagem e valorização de resíduos".

A "Escola Electrão" também desenvolveu o concurso Repórter Electrão, incentivando os alunos do 1.º ao 3.º ciclo a produzirem peças jornalísticas. Neste caso, cada aluno e professor dos grupos de trabalho recebe um cheque-prenda de 50€ e as escolas recebem 10 pontos por cada trabalho.

O diretor-geral do Electrão, Pedro Nazareth, sublinhou o empenho dos jovens no projeto e mesmo com "as escolas encerradas durante parte do ano os resultados obtidos superaram as expectativas".

O top 3 das escolas

PUB

A escola secundária de Serpa, no distrito de Beja, voltou a destacar-se este ano com a recolha de 33 mil quilos de pilhas, lâmpadas e equipamentos usados, no ano passado conseguiu recolher 20 toneladas.

Seguiu-se a escola básica e secundária Padre António Morais da Fonseca, em Murtosa, e a Escola Profissional de Coruche, que recolheram 18 mil quilos e 21 mil quilos de equipamentos, respetivamente. As escolas do distrito de Viseu apresentaram um total de 27.059 quilos de equipamentos e no distrito de Santarém as escolas aderentes reuniram 26.514 quilos de aparelhos usados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG