Ativista

Ida de Greta Thunberg ao Parlamento ainda por garantir

Ida de Greta Thunberg ao Parlamento ainda por garantir

O mau tempo que se fez sentir na travessia do Atlântico atrasou a viagem da ativista sueca Greta Thunberg, por isso ainda não é certo que consiga estar presente numa sessão da Assembleia da República. A jovem deve chegar a Portugal nos próximos dias.

Fonte da associação ambientalista Zero explicou ao JN que poderá não ser possível a Greta Thunberg estar presente numa sessão promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território. O convite foi feito em meados deste mês de novembro e a ativista sueca, de 16 anos, tinha-se mostrado disponível para aceitar.

Haverá uma pequena receção na doca de Alcântara, em Lisboa, com a população e os jornalistas, adiantou a mesma fonte. A chegada da jovem, que viaja a bordo do catamarã "La Vagabonde" com uma família australiana, está prevista para o início da semana. O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, estará no evento e irá receber Greta Thunberg.

A seguir à breve passagem por Portugal, que poderá inferior a 24 horas, Greta irá de comboio para a capital espanhola. A urgência em partir para Madrid deve-se à sua presença na Conferência da ONU sobre o Clima (COP25) entre 2 e 13 de dezembro.

Greta Thunberg ganhou a atenção dos media após ter começado a fazer greve às aulas, todas as sextas-feiras, para estar à frente do parlamento sueco a reivindicar medidas de proteção do planeta. Com este ato acabaria por lançar um movimento que se tornou global, motivando greves climáticas juvenis em vários países do Mundo, e que a levou a discursar nas Nações Unidas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG