Apoio

Governo vai dar até 4800 euros a quem vá viver para o interior

Governo vai dar até 4800 euros a quem vá viver para o interior

O primeiro-ministro anunciou, esta segunda-feira, um pacote financeiro de 426 milhões de euros para atrair população para o interior. Entre as medidas, está um apoio de até 4827 euros para quem quiser mudar-se.

António Costa e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, estiveram, esta segunda-feira de manhã, em Bragança, no Parque de Ciência e Tecnologia Brigantia Ecopark, a apresentar incentivos à fixação de população no interior, através de dois programas - Trabalhar no Interior e +CO3SO (Mais Coeso) - que contam com um pacote financeiro de 426 milhões de euros, um impacto estimado de 665 milhões de euros de investimento e a criação de cerca de 4200 postos de trabalho.

O programa Trabalhar no Interior visa apoiar e incentivar a mobilidade geográfica de trabalhadores para os territórios periféricos. Um dos incentivos será a medida Emprego Interior +, que disponibilizará um apoio inicial de até 4827 euros para trabalhadores que decidam mudar-se para o Interior.

O +CO3SO inclui vários programas complementares com o objetivo de apoiar o emprego e o empreendedorismo. Este instrumento vai mobilizar 240 milhões de euros de fundos europeus dos Programas Operacionais Regionais Regionais, mais de metade dos quais para territórios interiores, e criar mais de 3800 novos postos de trabalho.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG