Premium

Há omissões de infetados no Porto e em Lisboa

Há omissões de infetados no Porto e em Lisboa

Discrepância entre dados nacionais e locais leva DGS a contactar delegados de Saúde. Autarcas do Grande Porto dizem que números da região estão errados.

Não é só na Área Metropolitana do Porto (AMP) que o número de novos casos de infeção por covid-19, reportado pela Direção Geral da Saúde (DGS), é inferior à realidade. Também há discrepâncias significativas na Grande Lisboa, região em estado de contingência onde a pandemia está em maior força. Por exemplo, em Vila Franca de Xira, a DGS dava conta anteontem de 808 doentes, quando a Unidade de Saúde Local registava 899. Uma diferença de 91 casos.

Os números não batem certo, apesar de algumas unidades de saúde garantirem que estão a fazer o registo de novos pacientes atempadamente na plataforma clínica SINAVE (que é a base de trabalho da DGS). Embora anteontem não tenha assumido a existência de erros na nota enviada à Imprensa, a DGS iniciou um trabalho que visa corrigi-los.

Outras Notícias