Redes Sociais

António Costa de calças de ganga em Luanda deixa Internet em alvoroço

António Costa de calças de ganga em Luanda deixa Internet em alvoroço

O primeiro-ministro aterrou, esta segunda-feira, em Angola para uma visita de dois dias. Na conta oficial no Twitter, publicou uma fotografia em que aparece de jeans e mocassins. A indumentária usada não foi bem aceite nas redes sociais.

O primeiro-ministro chegou a Luanda para uma visita oficial de dois dias a Angola, durante a qual procurará retomar os níveis anteriores a 2014 nas relações económicas e normalizar os contactos bilaterais político-diplomáticos.

"É com grande satisfação, entusiasmo e profunda confiança no reforço das relações entre Portugal e Angola que aterrei esta manhã em Luanda para uma visita oficial", escreveu o primeiro-ministro, no Twitter. Na imagem que aparece na publicação, António Costa surge de calças de ganga e mocassins.

A forma descontraída com que foi fotografado, contrastando com o ar mais formal do ministro dos Negócios Estrangeiros angolano, Manuel Domingos Augusto, é já um dos tópicos em destaque nas redes sociais. Vários utilizadores questionam a informalidade do primeiro-ministro português.

"Eu tenho imensas dúvidas se usaria esta mesma calça Jeans para ser recebido numa vista oficial num país europeu ou Americano", questiono um dos utilizadores.

"Já vi António Costa a plantar árvores de fato e gravata, a andar de bicicleta e dar xutos em bolas de fato e gravata, a percorrer florestas de fato e gravata. A Angola, para uma visita de estado, chegou de jeans. Espero que os angolanos não tenham reparado no que isso significa", escreveu a fotógrafa Isabel Santiago.

Pouco depois da primeira publicação, António Costa utilizou a mesma rede social para publicar mais fotografias da visita. Nessas imagens, surge já de fato e gravata. "No dia em que Angola homenageia os seus heróis nacionais, iniciei simbolicamente a minha visita pelo Museu de História Militar", pode ler-se na publicação.

Com António Costa viajam também os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e da Agricultura, Capoulas Santos, assim como os secretários de Estado Teresa Ribeiro (Negócios Estrangeiros e Cooperação), Eurico Brilhante Dias (Internacionalização) e Ricardo Mourinho Félix (Adjunto e das Finanças).