Governo

Eduardo Cabrita é o novo ministro da Administração Interna

Eduardo Cabrita é o novo ministro da Administração Interna

O até agora Ministro-Adjunto assume a pasta da Administração Interna. Pedro Siza Vieira, advogado e amigo de António Costa, é Ministro Adjunto.

O primeiro-ministro já encontrou substituto para Constança Urbano de Sousa, que se demitiu na manhã desta quarta-feira. O novo Ministro da Administração Interna é Eduardo Cabrita, até aqui Ministro-Adjunto.

Para o lugar de Cabrita, António Costa escolheu Pedro Siza Vieira - advogado que, nos últimos dois anos, tem assumido diversos cargos públicos de nomeação política. Atualmente, integrava a Estrutura de Missão para a Capitalização das Empresas e, em setembro, chegou a ser apontado para substituir o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

O agora escolhido é sócio da empresa de advogados Linklaters - a sociedade que fez a assessoria jurídica do contrato inicial do SIRESP, assinado em 2006 por António Costa, e a que Constança Urbano de Sousa recorreu recentemente para pedir um parecer sobre como responsabilizar a SIRESP, SA pelas falhas recorrentes na rede de emergência.

Siza Vieira ficará assim responsável por uma das principais reformas com que o Primeiro-Ministro se comprometeu: a descentralização de competências.

Quanto a Eduardo Cabrita, foi adjunto de Costa em 1999 quando este era Ministro da Justiça durante o Governo de António Guterres. Terá a difícil missão de reestruturar a Proteção Civil e de acalmar a crise que tem sido vivida no SEF.

Os dois nomes foram apresentados esta quarta-feira à tarde ao Presidente da República, na reunião semanal com o primeiro-ministro, e a tomada de posse será este sábado, pelas 09:00 horas no Palácio de Belém.