Premium

Escolas falham cumprimento da Lei da Educação Sexual

Escolas falham cumprimento da Lei da Educação Sexual

A Lei da Educação Sexual, aprovada em 2009, não está a ser cumprida em todas as escolas, admitem diretores, alunos e uma das autoras do diploma.

O movimento jovem do Partido Ecologista Os Verdes (Ecolojovem) visitou, no último ano, cerca de 80 escolas, de norte a sul do país, para inquirir o cumprimento da lei: apenas num dos estabelecimentos (secundária Francisco de Holanda, em Guimarães) os alunos afirmaram ter aulas de Educação Sexual. Na maioria das restantes nem sequer sabiam que há uma lei, revela ao JN Beatriz Goulart.

"A educação sexual não está a ser aplicada como devia", frisa a dirigente. O PEV, explica, foi para o terreno depois de receber queixas de estudantes. "Disseram-nos que deram a reprodução nas aulas de Ciências, mas não apontam nenhum tema que associem à educação sexual, como métodos contracetivos, violência no namoro, doenças sexualmente transmissíveis ou orientação sexual. O que é chocante", frisa a dirigente.