Premium

Mais perto de saber como progridem os tumores

Mais perto de saber como progridem os tumores

Perceber como as células cancerígenas matam as saudáveis e conquistam território abre caminho a nova terapêutica para reduzir mortalidade.

O investigador Eduardo Moreno, do Centro Champalimaud, em Lisboa, descobriu o mecanismo através do qual as células cancerosas comprimem e matam o tecido saudável, permitindo aos tumores progredirem. O trabalho, desenvolvido em parceria com Romain Levayer, do Instituto Pasteur, foi recentemente publicado na revista científica "Current Biology".

Apesar dos diversos estudos sobre cancro, ainda não é bem conhecido o processo de progressão de um tumor, ou seja, como passa de um grupo de células anormais à formação de uma massa tumoral. Por isso, numa primeira fase, os cientistas estudaram como mutações em genes transformam células saudáveis em células cancerosas. Depois, perceberam que, quando demasiadas células tentam sobreviver e crescer num espaço reduzido, gera-se uma competição mecânica. É o que acontece no caso de um cancro, pois as células cancerosas proliferam sem controlo, comprimem as saudáveis e matam-nas.

ver mais vídeos