Política

Mulher do ministro Pedro Nuno Santos no Governo

Mulher do ministro Pedro Nuno Santos no Governo

Ana Catarina Gamboa, mulher do ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, foi nomeada oficialmente como chefe do gabinete do secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, José Duarte Cordeiro, revelou o portal de notícias "Eco", que aponta que o gabinete do secretário de Estado justifica a nomeação pelas qualificações de Ana Catarina Gamboa.

"Como se pode ler em Diário da República, Ana Gamboa cumpre os requisitos a nível de qualificações, além de que este é um cargo de absoluta confiança política. Trabalhava com Duarte Cordeiro na Câmara Municipal de Lisboa desde os tempos em que era vereador e passou a chefe de gabinete quando este passou a vice-presidente da Câmara. Ela simplesmente deixou a Câmara e acompanhou Duarte Cordeiro para desempenhar as mesmas funções", explicou fonte oficial do gabinete de José Duarte Cordeiro ao "ECO".

Na atual legislatura, são mais de 20 os governantes com relações de parentesco na área política. Essas ligações não se ficam pelos ministros, passando igualmente pelos secretários de Estado, deputados, ex-governantes e assessores.

Um dos exemplos é o caso do atual ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, casado com Sónia Fertuzinhos, deputada socialista.

Com a mais recente remodelação, a filha do ministro, Mariana Vieira da Silva, que, até 18 de fevereiro, ocupava o cargo de secretária de Estado Adjunta do primeiro-ministro, assumiu a pasta de ministra da Presidência e Modernização Administrativa, substituindo Maria Manuel Leitão Marques, candidata socialista ao Parlamento Europeu e casada com Vital Moreira, antigo deputado socialista.