Premium

PSP com agentes infiltrados nos "coletes amarelos"

PSP com agentes infiltrados nos "coletes amarelos"

Orientações da organização passam por travar o trânsito no país, com encenações logo de manhã cedo. Poder político reage com cautela a movimento, que integra socialistas e código de atuação.

A PSP tem debaixo de olho, há mais de duas semanas, todos os grupos organizadores do protesto "Vamos parar Portugal", que começou a ser preparado nas redes sociais há mais de quatro semanas e pretende replicar, sexta-feira, por cá, os efeitos dos "coletes amarelos" de França.

A monitorização está a ser feita através de grupos no WhatsApp, em redes sociais e pequenas reuniões que têm sido realizadas nos últimos dias, apurou o JN junto de elementos da força de segurança - que tem este protesto sob sinal vermelho sem o "tentar desmobilizar".

Imobusiness