Enfermeiros

Requisição civil avança apenas em quatro hospitais

Requisição civil avança apenas em quatro hospitais

A requisição civil dos enfermeiros decretada esta quinta-feira pelo Governo vai avançar apenas em quatro dos sete hospitais afetados pela greve cirúrgica.

Os hospitais onde os enfermeiros vão ser chamados ao trabalho são aqueles onde, segundo o Ministério da Saúde, foi detetado o incumprimento dos serviços mínimos decretados pelo Tribunal Arbitral. Em causa estão o Centro Hospitalar Universitário de São João, o Centro Hospitalar Universitário do Porto, Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga e o Centro Hospitalar Tondela-Viseu.

A portaria que vai definir o âmbito da requisição civil ainda não foi publicada, mas segundo o Ministério da Saúde será adotada uma "perspetiva mais conservadora".

" O direito à greve será condicionado apenas na medida do estritamente necessário para preservar o direito à proteção da saúde, um direito fundamental que assiste a todos os utentes do SNS", refere o Ministério da Saúde.