Vacinação

Maia avança com Casa Aberta para maiores de 65 anos no fim de semana

Maia avança com Casa Aberta para maiores de 65 anos no fim de semana

Os Centros de vacinação têm autonomia para fazer Casa Aberta, desde que privilegiem agendamentos, explica task-force.

A Câmara Municipal da Maia anunciou, ao início da tarde desta quarta-feira, na sua página de Facebook, a modalidade Casa Aberta para vacinação contra a covid-19 e a gripe para maiores de 65 anos já a partir do próximo fim de semana. Atualmente, conforme anunciado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), aquele regime está a funcionar para maiores de 75.

Em declarações ao JN à margem de uma visita, nesta quarta-feira, ao Centro de Vacinação de Matosinhos, o coordenador do plano de vacinação contra a covid-19, coronel Carlos Penha-Gonçalves, explicou que os centros de vacinação têm autonomia para realizar o modelo "Casa Aberta" a partir dos 65 anos, desde que "privilegiem as vacinações agendadas". Admitindo ainda que a Casa Aberta para maiores de 65 deverá ser generalizada a partir da próxima semana.

No Facebook, a Câmara da Maia informa que "o Centro de Vacinação de Gemunde abrirá, excecionalmente, nos próximos sábados dias 20, 27, 4, 11 e 18 e domingos dias 21, 28, 5, 12 e 19 de novembro, incluindo nos feriados de 1 e 8 dezembro, para vacinar com a terceira dose contra a Covid-19 e contra a gripe os maiatos maiores de 65 anos, sem necessidade de agendamento prévio". Nos seguintes horários: em modalidade Casa Aberta das 9 às 17 horas e em regime marcação das 8 às 9 horas e das 17 às 20 horas.

Ao JN, a autarquia explicou que o processo está a ser "articulado em perfeita coordenação com as autoridades de saúde, em concreto o ACES Maia-Valongo". A mesma fonte adiantou, ainda, que a Câmara da Maia, "no âmbito da disponibilidade institucional que tem vindo a proporcionar desde o início da pandemia, vai garantir o apoio complementar de pessoal de enfermagem pago por si, o pessoal auxiliar de apoio à ação médica e o pessoal de segurança". Bem como "toda a logística informática" e as "instalações do centro de vacinação, que são municipais, em Gemunde, na Freguesia do Castêlo da Maia".

Desde terça-feira, recorde-se, a Casa Aberta está disponível para os maiores de 75 anos, tendo a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, em entrevista à Rádio Renascença, admitido a possibilidade de alargar aquela modalidade para os maiores de 65 anos. Na medida em que, explicava, "neste momento" há vacinas suficientes para o fazer.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG