Boletim DGS

Não havia tantas mortes por covid em Portugal desde 18 de março

Não havia tantas mortes por covid em Portugal desde 18 de março

Portugal registou, nas últimas 24 horas, 2535 casos de covid e 21 mortes associadas à doença. Não havia tantas vítimas mortais pelo novo coronavírus desde o dia 18 de março.

Face ao boletim epidemiológico da passada sexta-feira, quando foram contabilizados 3205 contágios e oito mortos, registaram-se, hoje, menos 670 positivos. No entanto, o número de óbitos aumentou significativamente.

Desde o início da pandemia morreram 18.492 pessoas, 1.157.352 contraíram a doença e 1.082.421 recuperaram, 3713 delas nas últimas 24 horas. O número de casos ativos desceu para 56.439: menos 1199 do que ontem.

A Região Norte voltou, esta sexta-feira, a contabilizar a maior parte dos infetados, 841, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (LVT) com 820, o Centro com 528, o Algarve com 168, o Alentejo com 62, a Madeira com 101 e os Açores com 15.

Das 21 mortes, cinco foram reportadas em LVT, cinco no Centro, quatro no Algarve, três no Norte, uma no Alentejo e três na Madeira, correspondendo a 15 octogenários, três pessoas na casa dos 70 anos e três na dos 60.

PUB

Após 26 dias de crescimento consecutivo, o número de hospitalizações baixou, esta sexta-feira, para 902, menos 14. Em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) está mais um infetado, 129 no total.

Em dia de atualização da matriz de risco, os dados da DGS indicam que a incidência subiu, a nível nacional, de 349,8 para 374 casos por 100 mil habitantes. No continente, de 351,4 para 376,5. A taxa de transmissibilidade (o chamado Rt) nacional desceu para 1,13 (1,14 no continente).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG