O Jogo ao Vivo

Premium

Mais de cem câmaras multadas por falta de limpeza do mato

Mais de cem câmaras multadas por falta de limpeza do mato

Há 278 empresas e entidades coletivas autuadas por desrespeito das regras de gestão de combustível. Cerca de 40% dos autos referem-se à rede viária.

Mais de cem câmaras foram autuadas por falta de limpeza dos terrenos e incorrem numa multa que vai desde 1600 a 120 mil euros. Devido à pandemia, o Governo alargou o prazo para a concretização das regras de gestão de combustível até 30 de junho para as autarquias, o que inclui a obrigação de substituir-se a proprietários privados e a produtores florestais em incumprimento.

A GNR, que deu início à Operação Floresta Segura 2020 em fevereiro passado com uma campanha de sensibilização dos donos dos terrenos rurais, já emitiu 2269 autos por falta de limpeza em torno de edifícios, de povoações, de estradas e de linhas de energia elétrica, em desrespeito das regras de gestão de combustível previstas no decreto-lei n.º 124/2006. A maioria das multas foi passada a particulares, mas contam-se também 278 autos dirigidos a empresas e a entidades coletivas. Embora a GNR não indique quais foram as entidades alvo de coima, o JN apurou que quase metade dos autos foi dirigida a municípios.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG