UNESCO

Marcelo evoca 20 anos do Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial

Marcelo evoca 20 anos do Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, celebrou, esta terça-feira, os 20 anos da classificação do Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, uma data que marca o "reconhecimento da beleza natural única daquela região".

Numa nota publicada no 'site' oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa considera que este dia "deve ser de orgulho para todos os portugueses".

"Duas décadas de reconhecimento da beleza natural única daquela região, que coabita harmoniosamente com a intervenção de todos os que ali, ao longo de séculos, souberam transformar e adaptar o vale do rio Douro às necessidades agrícolas e vitícolas das populações, respeitando a morfologia acidentada da paisagem e contribuindo para a evolução da sua identidade ambiental, cultural e económica", elogia.

O Presidente da República lembra ainda a sua intervenção, na década de 80, então como ministro dos Assuntos Parlamentar, no projeto da Via Navegável do Rio Douro, que "hoje permite a total navegabilidade fluvial, com benefícios evidentes para a economia e turismo da região".

Em julho de 2016, Marcelo Rebelo de Sousa recordou que há mais de 30 anos, quando era ministro, tinha o "sonho" do Douro navegável que alguns "achavam louco".

Nesse dia, o chefe de Estado "viveu" uma realidade que o ocupou naquela época, ao atravessar a eclusa que era apontada como um dos problemas na altura: a da barragem do Pocinho, em Vila Nova de Foz Côa, onde hoje terminou o segundo "Portugal Próximo".

PUB

Essa viagem de barco, num pequeno troço, do Douro Navegável de Trás-os-Montes ao Porto, foi o último ponto de uma agenda de dois dias e meio que então o Presidente da República dedicou à região, participando em 15 iniciativas, de 11 concelhos dos distritos de Vila Real, Bragança e Guarda.

A bordo do barco, enquanto a água descia para passar a eclusa, Marcelo fez questão de lembrar: "estamos aqui a viver uma realidade que me ocupou há 30 e tal anos quando fiz política como membro do Governo do primeiro-ministro Francisco Balsemão.

Hoje, em Lamego, decorrem as comemorações dos 20 anos da inscrição do Alto Douro Vinhateiro na lista de Património Mundial da UNESCO, em Lamego.

A Associação Vale d'Ouro reivindicou hoje como "prenda" pelo 20.º aniversário do Douro Património Mundial da UNESCO a reativação do troço internacional da linha ferroviária para posterior ligação a Espanha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG